Categorias: FinanceiroGestão

Aumente a rentabilidade da sua clínica com nossas dicas de controle financeiro

Os pacientes são prioridades na sua clínica, certo? Afinal, os profissionais de saúde trabalham para oferecer uma melhor qualidade de vida e bem-estar para eles.

Porém, um consultório médico também é uma empresa que precisa se manter no mercado. Logo, é preciso ter uma gestão eficiente — que engloba diferentes setores do negócio.

Um deles é o controle financeiro. Será que ele é uma das suas preocupações? As suas finanças estão da forma como você esperava? Você tem capital para investir no futuro do seu negócio?

Geralmente, lidar com o lado financeiro de uma empresa requer bastante atenção e cuidado para não gastar os recursos ou tomar decisões erradas que afetem toda a sua estrutura.

Já que os médicos sabem bem a importância de uma cirurgia. Vale ter em mente que o financeiro também requer a mesma atenção! Cada centavo pode impactar uma empresa de formas diferentes.

Continue a leitura e descubra como melhorar a gestão financeira da sua clínica!

Tenha em mente a importância do controle financeiro na clínica

O controle financeiro é uma as estratégias utilizadas nos negócios que ajudam muito em momentos de crise, por exemplo. Além disso, ele um recurso importante para o gestor tomar as medidas certas diante dos indicadores da clínica.

Em um cenário como o da pandemia do coronavírus, muitos médicos tiveram suas rendas afetadas de forma negativa. Nesse contexto, aqueles que realizam um maior controle financeiro têm mais facilidade de lidar com a situação e identificar quais gastos podem ser cortados ou não — evitando prejuízos.

Em um cenário positivo, a gestão financeira auxilia na identificação de ações  para a empresa realizar investimentos, compras de materiais ou outras atividades. Além de tudo, não há forma mais prática de compreender se o objetivo financeiro do seu negócio está sendo atingido.

💡 Leia também: Dicas de como manter seu faturamento mensal em dia

Tenha um planejamento financeiro

Primeiramente, eu te pergunto: você já montou um planejamento financeiro para sua clínica?

Um dos primeiros cuidados em relação a saúde financeira de uma empresa é o planejamento dos valores que entram e sai do consultório. Se você já tem um plano montado, está fazendo da maneira correta?

Muitos gestores costumam se dedicar a essa atividade somente no início do ano. Você faz isso também? Entretanto, saiba que o ideal é se dedicar ao planejamento financeiro antes do ano terminar, por volta de setembro ou outubro.

Afinal, a ideia aqui é planejar e traçar as ações para o próximo ano. Assim, sempre que o ano vira, sua clínica ou consultório apresenta um bom controle financeiro e está preparada para mais uma jornada.

Algumas dicas para o seu planejamento financeiro são:

  • Estabeleça objetivos e metas para seus investimentos;
  • Mapeie os passos da sua clínica;
  • Planeje projetos de expansão;
  • Organize melhorias na estrutura do consultório;
  • Faça um levantamento financeiro para estipular seu progresso.

Acompanhe os principais indicadores de controle financeiro

Logo acima deste conteúdo, citamos a palavra indicador financeiro da clínica…Mas, você sabe o que são?

Basicamente, essas métricas são formas de mensurar e determinar o estado financeiro da sua clínica. Alguns dos principais indicadores são:

  • Ticket médio;
  • Faturamento;
  • Retorno sobre investimento (ROI) — muito usado em ações de marketing médico;
  • Lucro bruto e líquido.

Agora que você conhece esses exemplos, é importante entender o motivo pelo qual eles são relevantes para o controle financeiro do seu negócio.

De modo geral, acompanhar esses indicadores são uma das formas mais simples de visualizar os principais aspectos financeiros do consultório. Por isso, é fundamental manter essas informações em dia e organizadas.

Dessa forma, o responsável pelas finanças pode consultar esses dados e identificar quaisquer mudanças nessas pilares e tomar as melhores decisões para a empresa.

💡 Já conhece a ferramenta de gestão financeira da 4Medic? Clique aqui para saber mais.

Monitore o Fluxo de Caixa

Outra dica fundamental para melhorar o controle financeiro de uma clínica é realizar um fluxo de caixa adequado. Isso é essencial para garantir que uma baixa nos lucros ou ganhos no seu faturamento não seja uma surpresa no final do mês.

Antes de aplicar essa dica, que tal conhecer os maiores erros de fluxo de caixa? Assim, você sabe o que NÃO deve fazer para seu negócio enfrentar dificuldades.

Além disso, esse controle financeiro favorece no pagamento das contas da empresa, bem como no repasse financeiro e outras atividades. Com ele, também é possível prevenir atrasos e organizar as despesas.

Tenha um fundo de reserva

Prevenir é o melhor remédio, certo? Então, não deixe de preparar um fundo de reserva para sua clínica como método de controle financeiro. A pandemia é um exemplo da importância dessa ação para um negócio.

Não importa qual é o seu segmento, invista em uma reserva de emergência para sua clínica a fim de cobrir quaisquer problemas ou imprevistos ao longo da sua jornada.

Dessa forma, sua empresa sofrerá menos impacto quando uma crise econômica se instalar e reduzir o poder aquisitivo das pessoas.

Faça um bom uso da tecnologia

Se a gestão financeira da sua clínica não está funciona, certamente, você está enfrentando problemas na empresa. Não há ninguém que fica tranquilo quando algum problema financeiro está abalando o seu serviço.

Muitas vezes, algumas erros e problemas prejudicam o controle financeiro por esta tarefa ser realizada de forma inadequada.

Sabe os consultórios que utilizam papéis, canetas e calculadoras para controlar as finanças? Provavelmente, já enfrentaram situações em que algum papel foi perdido, rasurado ou simplesmente algum dado foi inserido ou calculado de forma errada, precisando refazer todo o processo.

Hoje, tudo que fazemos já está automatizado graças a tecnologia. Os softwares médicos são um exemplo claro de que é possível otimizar o serviço de saúde e ainda oferecer um melhor atendimento aos pacientes. Isso porque, ao utilizar essas ferramentas, você agiliza o serviço da clínica, reduz erros, diminui gastos e facilita o trabalho dos profissionais e das secretárias.

Essas vantagens seriam um sonho não é mesmo? Então, aproveite para experimentar um sistema de gestão para clínicas e descobrir seus benefícios na prática! É só clicar no banner.

Viu como o controle financeiro é fundamental para melhorar a gestão dos valores que entram e sai da sua clínica?

Atualmente, qualquer negócio que deseja sobreviver no mercado, ter uma boa rentabilidade e se destacar deve criar um planejamento financeiro e organizar seu fluxo de caixa. Aplique nossas dicas e veja como seu negócio pode se transformar.

Carolina Sossai Cardoso

Especialista em Marketing Médico | Produtora de conteúdo voltado para a área da saúde, gestão de clínicas e software médico.

Posts recentes

Como a Engenharia Clínica contribui para gestão de clínicas e consultórios?

A tecnologia tem sido uma das maiores aliadas da área da saúde nos últimos anos.…

3 semanas ago

Livro-Caixa para médicos e profissionais da saúde: por que e como fazer

Você já sabe o que é e como funciona um Livro-Caixa para médicos? Essa é…

4 semanas ago

Medicina Preventiva: o que é, benefícios e áreas de atuação

Prevenir é melhor que remediar, não é mesmo? Essa frase tem total relação com a…

1 mês ago

Conheça o que é a Medicina Integrativa e qual a sua importância

Quer adquirir um pouco mais de conhecimento e entender tudo sobre a medicina integrativa? Se…

1 mês ago

Atendimento de qualidade: o segredo para reter mais pacientes na sua clínica

Um atendimento de qualidade faz a diferença em todos os tipos de negócios. Sabe quando…

2 meses ago

Compliance na saúde: entenda tudo o que você precisa saber

Se você nunca ouviu falar de compliance na saúde, está na hora de se atualizar…

2 meses ago