fbpx
Desafios na administração de um consultório médico e como superá-los

Ter sucesso com um negócio não é nada fácil, afinal são inúmeros os desafios, missões, metas a curto, médio e longo prazo, pessoas, processos, produto dentre outros fatores. Mas sabe o que toda empresa notável tem em comum? Uma gestão eficiente!

Ao abrir as portas de um negócio, a maioria das pessoas pensa apenas em uma ideia para ganhar muito dinheiro, não ter mais chefe, ter seus próprios horários e acaba esquecendo de uma parte crucial: como administrar tudo isso.

A grande prova disso é que, segundo um estudo do Sebrae, grande parte das pequenas empresas encerra suas atividades em até um ano de existência. Uma constatação assustadora, não é mesmo?

Agora, pasme: apenas 7% dessas empresas fecham por questões envolvendo lucratividade, mas cerca de 50% deixam de existir por deficiências na parte de gestão e administrativa.

Diante desse cenário, no mínimo chocante, quais são os desafios da administração de pequenas empresas como um consultório médico? Continue lendo este conteúdo e descubra!

 

Os desafios da administração de consultórios médicos

Responder à pergunta “por que a administração não pode falhar?” poderia ser algo direto como: “se não a sua empresa fecha, assim como aponta o estudo do Sebrae’’, mas a ideia aqui é ir além disso.

Pense agora apenas no seu consultório: o que aconteceria se você misturasse seus gastos pessoas com o da empresa e no final do mês tivesse que tirar do bolso para o consultório e vice-versa? Pois é, certamente você duraria pouco tempo com o CNPJ ativo.

Sendo assim, já surge o maior problema dos consultórios e clínicas, a gestão e administração de recursos.

Geralmente, os profissionais que administram consultórios médicos são os mesmos que cuidam da parte técnica, atendimento, compra de materiais, controle de estoque e por isso acabam literalmente metendo o pé pelas mãos.

Então, o que fazer para evitar isso?

Separe as contas pessoais das profissionais

Teve um imprevisto no meio do mês, manutenção da casa, do carro ou chegou aquela fatura de cartão que você já nem se lembrava mais da existência? Essa conta é sua, não do consultório!

Isso pode até parecer óbvio em um primeiro momento, mas acontece frequentemente nos consultórios médicos e evitar repetir esse erro é fundamental.

Misturar contas profissionais e pessoais faz com que seja impossível calcular a sua margem de lucro, investimento e gastos, o que desequilibra suas finanças no longo prazo.

Por exemplo: se você é dentista, atende convênios odontológicos e esse dinheiro entra para a sua conta pessoal, dificilmente será aproveitado de uma forma útil ao seu negócio.

 

Otimize processos

É como uma via de mão dupla, a secretária te ajuda e você também colabora com o trabalho dela.

Sendo assim, trabalhe com planilhas inteligentes ou mesmo contrate softwares de gestão médica para que seja possível automatizar os processos internos do consultórios e evitar erros que possam acontecer pelo trabalho manual.

O dinamismo é um dos segredos para o consultório funcionar bem. Além disso, com software de gestão você tem:

  • Maior autonomia para tomar decisões;
  • Menos gastos desnecessários;
  • Informações precisas dos pacientes;
  • Dados do consultório em um só lugar;
  • Relatórios objetivos;
  • Controle dos gastos e investimento.

Não dependa de apenas uma fonte de renda

“Mas eu tenho um consultório, então além de trabalhar nele preciso também ser motorista daquele aplicativo famoso?”. Se você quiser, sim, mas não é bem isso.

Ainda usando o exemplo anterior, a ideia é que além das consultas particulares com pacientes fiéis que indicam amigos e parentes, procure também outras formas de fazer o dinheiro entrar.

Uma boa ideia para quem é cirurgião-dentista é atender plano odontológico junto às consultas particulares.

 

Procure por parceiros

Fechar parcerias faz o seu consultório ser notado por pessoas que você não alcançaria normalmente.

O intuito da parceria é fazer com que a sua marca seja vista, ganhe notoriedade e com isso novos pacientes apareçam.

Por exemplo, uma pessoa marca a consulta com o nutricionista e depois de receber as orientações nutricionais é instruída a procurar um dentista para ter certeza que os antigos hábitos não lhe trouxeram prejuízos, se o seu consultório for parceiro, você é indicado.

 

Talvez esse paciente precise fazer um tratamento de canal por conta dos péssimos hábitos alimentares, não é mesmo?

Conte com uma secretária

Contar com uma profissional capacitada para lhe auxiliar não é gasto, mas sim um investimento!

A secretária é essencial para todo o funcionamento do consultório e seu trabalho envolve: gerenciamento, compras, reposição de estoque, administração de agenda e cobranças.

Ao contratar uma secretária é possível focar só na parte técnica (atender pacientes) e deixar a parte de gestão com alguém que pode cuidar melhor disso.

Invista na administração do seu consultório e tenha sucesso

A boa gestão basicamente extrai ao máximo os recursos que a empresa tem, o que não está ligado diretamente ao faturamento do seu consultório. Afinal, faturar um milhão é bom, mas se a margem de lucro for baixa diante disso não significa nada.

Por fim, não existe um segredo para desempenhar uma administração impecável, o ideal é considerar a realidade do seu consultório e se planejar dentro do possível e para isso, todas as dicas deste conteúdo lhe serão muito úteis!

Comece agora a investir no na administração do seu consultório e conquiste seus objetivos.

Este conteúdo foi produzido por Ideal Odonto

Receba dicas de gestão para sua clínica ou consultórios.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Everton Gonçalves
Everton Gonçalves

Co-Fundador da 4Medic, especialista em gestão para clínicas e consultórios.

Em conformidade com Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e GDPR, este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar e personalizar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Para mais detalhes acesse nossa Política de Privacidade.