fbpx
Planejamento financeiro para clínica médica: como realizar o seu

O planejamento financeiro para clínica médica é essencial. Assim como é importante cuidar da saúde dos pacientes, é igualmente relevante cuidar da saúde financeira do consultório. É essa atividade que determinará o sucesso do seu negócio.

Apesar dessa importância, ainda existem muitos profissionais de saúde que cometem erros na gestão financeira e tratam desse assunto da mesma forma que cuidam de suas finanças pessoais. Como resultado, muitos prejudicam a empresa e seu desenvolvimento no mercado.

Por isso, mostraremos como realizar um planejamento financeiro eficiente. Acompanhe!

Como fazer planejamento financeiro para clínica médica?

O planejamento financeiro para clínica médica deve começar a partir do trabalho de fluxo de caixa. Essa ferramenta é a responsável pelo controle das entradas e saídas de recursos da instituição.

Sabemos que diariamente um consultório médico recebe pacientes. Diante dessa movimentação constante, é fundamental ter profissionais capacitados para administrar as finanças da empresa. Muitas vezes, é interessante investir em profissionais especialistas, como contadores, que realizam essa função com mais habilidade.

No entanto, o médico, que é dono da sua clínica também é capaz de cuidar do planejamento financeiro. Veja algumas das nossas indicações e aprenda como fazer o seu!

Faça diariamente o fluxo de caixa

Comentamos sobre o fluxo de caixa, mas você realmente entende como administrá-lo? É por meio desse recurso que o gestor visualiza quais valores entraram no negócio, os custos fixos e o que foi gasto em determinado período.

A partir desses dados, é possível compreender a saúde financeira da empresa, se há abertura para futuros investimentos, se a clínica pode comprar novos equipamentos e se é preciso realizar uma redução de custos. Além disso, esse controle mostra as suas despesas e os gastos com fornecedores.

Portanto, essa etapa é uma das mais importantes do planejamento financeiro para clínica médica. É por meio dele que o profissional investiga quando os gastos podem causar desorganização ou prejuízos.

Hoje, muitos consultórios utilizam softwares de gestão que automatizam e facilitam essa tarefa. Eles apresentam funcionalidades de controle de fluxo de caixa para otimizar o trabalho do profissional responsável e trazer melhorias para o desempenho da clínica. Isso também reduz riscos de incompatibilidade de valores e ausência de registros importantes que impactam a saúde financeira.

Recomendamos que a análise de fluxo de caixa seja feita periodicamente, dentro de um prazo já determinado — pode ser semanal, quinzenal ou mensal. Isso permite que a empresa entenda as finanças com base no mesmo período.

Um ponto fundamental, é que os gestores não deixem de lado o lançamento de valores no sistema da clínica. É interessante que isso seja feito por profissionais de confiança de modo manter o planejamento organizado. Nesse momento, sempre tenha em mente os principais erros de fluxo de caixa a fim de evitá-los.

Não misture contas pessoais com as da clínica

Como falamos no início, muitos médicos cuidam das finanças de seu consultório da mesma forma que tratam as suas contas pessoais. Infelizmente, esse é um erro bastante grave, que prejudica a gestão da clínica, mas muito comum no meio empresarial.

Geralmente, esse problema ocorre porque a clínica não conta com uma administração financeira eficiente. Por isso, a separação de contas é fundamental para um planejamento financeiro eficaz.

Para isso, direcione o fluxo de caixa para as necessidades da clínica a fim de melhorar o controle das entradas e saídas. Ainda, não gerencie as suas contas pessoais com os recursos da sua empresa. Nesse momento, informe o pró-labore no controle financeiro da clínica com os valores destinados a você.

Além disso, conte com sistemas que automatizam a clínica, principalmente, se no local trabalham diversos profissionais de saúde. Isso porque esses recursos facilitam o repasse financeiro aos sócios e colaboradores. Descubra como fazer o controle dessa tarefa com o software 4Medic:

Mantenha o planejamento financeiro da clínica atualizado

O planejamento financeiro para clínica médica trata-se de um plano que está sujeito a alterações. Afinal, você está aprendendo a realizar o seu a fim de elaborar uma organização financeira eficiente. Por isso, mantenha esse processo atualizado. É interessante que isso seja feito com frequência, sempre que necessário.

Uma sugestão para ter melhor controle das atualizações é criar metas que possam ser atingidas, conforme as possibilidades do consultório. Durante semanas ou meses, cumpra essas metas e desenvolva novas para manter a evolução constante do negócio.

A partir disso, é possível verificar o crescimento da empresa, a previsão de custos, escassez de tecnologias, urgência de compra de materiais e necessidades de investimentos.

Tenha uma reserva de dinheiro

Qualquer modelo de negócio pode enfrentar momentos de crise, como a pandemia do coronavírus que impactou diversos empresários, provocando o fechamento de 522,7 mil empresas de um total de 1,3 milhão que encerraram suas atividades. Além disso, há problemas internos que afetam o funcionamento do consultório, como a manutenção de equipamentos.

Por esse motivo, é fundamental incluir uma reserva de emergência no planejamento financeiro da clínica médica. Não esqueça que esse valor deve ser usado somente em emergências e ocasiões difíceis para cobrir eventuais despesas.

Amplie seus conhecimentos sobre planejamento financeiro para clínica

Se você é um profissional de saúde que também controla as finanças do seu negócio, esteja sempre atualizado sobre gestão de clínicas e consultórios. Para isso, realize cursos com temáticas como administração de empresas, procure informações relevantes da área e faça leituras frequentes em jornais, livros, blogs e notícias por e-mails.

Além disso, busque por ferramentas que otimizem a rotina da clínica e desburocratize os processos. Assim, você é capaz de gerir a empresa com mais eficiência e sucesso, proporcionando resultados satisfatórios para os profissionais e os pacientes.

Confira como funciona o gerenciamento financeiro no software 4Medic:

Utilize a tecnologia a seu favor

Por fim, faça o planejamento financeiro da clínica médica com a ajuda tecnologia. Quer saber como? Atualmente, diferentes recursos tecnológicos são utilizados para trazer mais praticidade no dia a dia dos médicos, sendo indispensáveis. Por exemplo, um sistema médico oferece muitas vantagens para os profissionais de saúde, como:

Com essas ferramentas, os gestores garantem um melhor controle de custos e receitas, além de evitarem erros e problemas financeiros para a empresa. Apesar do investimento inicial, o uso da tecnologia é uma estratégia que, a longo prazo, traz ótimos resultados.

Agora que você entende como realizar um planejamento financeiro para clínica médica, coloque as etapas deste artigo em prática. Apesar dessa tarefa ser um desafio para muitos profissionais, ela é fundamental para a organização financeira do consultório e seu respectivo sucesso no mercado. Além disso, com um bom controle financeiro, seu negócio estará sempre preparado para imprevistos e emergências.

Este conteúdo foi útil pra você? Que tal experimentar o software 4Medic gratuitamente? Assim, você comprova, na prática, os seus benefícios e suas funcionalidades!

Conte com um software médico e elabore um planejamento financeiro eficiente para a clínica!

Tags: | |

Sobre o Autor

Carolina Sossai Cardoso
Carolina Sossai Cardoso

Formada em Publicidade e Propaganda | Produtora de conteúdo otimizados (SEO), Copywriter e Redatora.

Em conformidade com Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e GDPR, este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar e personalizar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Para mais detalhes acesse nossa Política de Privacidade.