fbpx
Redes sociais para médicos: qual o investimento ideal

Você sabia que o uso das redes sociais para médicos traz muitos benefícios? Quando bem administradas, funcionam como um diferencial competitivo para a clínica ou consultório. Com isso, é possível conquistar muitos ganhos, como o aumento do fluxo de pacientes. Ainda, o uso de estratégias de marketing nas mídias é muito importante, principalmente, para os profissionais da saúde que desejam obter destaque na sua área.

Um dos pontos mais relevantes quando falamos de redes sociais é o conteúdo. Ele é um fator primordial, o que exige dedicação e atenção no que e como será publicado. Além de focar em bons posts, pense também em como eles chegarão até o seu público-alvo. Nessa etapa, muitas vezes é interessante investir em anúncios e publicidade online.

Continue lendo e descubra qual o investimento ideal para as redes sociais dos médicos!

Saiba como investir nas redes sociais para médicos

Antes de apostar nas redes sociais para médicos, é fundamental ter uma estratégia de marketing bem definida. Ainda, vale a pena estabelecer os seus objetivos e metas, a curto e longo prazo, de modo a alcançá-los em um determinado período. Para isso, reúna algumas informações a fim de facilitar o processo, como:

  • Histórico de consultas;
  • Margem de lucro do consultório;
  • Porcentagem que sua empresa está disposta a investir;
  • Métrica de audiência nas redes sociais;
  • Canal com o melhor desempenho, entre outras.

Assim, é possível criar as melhores ações para suas redes sociais e obter resultados satisfatórios. Isso também ajudará na produção de conteúdo, desenvolvimento da clínica e da imagem do médico.

Tenha em mente que o percentual de investimento varia de acordo com o negócio. Geralmente, o orçamento destinado ao marketing gira em torno de 8% do faturamento. Nas redes sociais, esse valor pode ser aplicado nas mídias pagas, bem como na contratação de profissionais especializados na área para realizar essa função.

Outra forma de organizar um orçamento de marketing é analisar os resultados e objetivos da sua clínica. Desse modo, é possível calcular os valores com mais precisão e observar quais as estratégias que estão dando certo ou o que precisa ser alterado.

Descubra as vantagens de investir nas redes sociais para médicos

Nas redes sociais, o médico é capaz de impulsionar os conteúdos para atrair pacientes e direcionar os seus serviços para um público maior. De acordo com o relatório sobre redes sociais de 2019 feito pelo Social Media Examiner, os números reportados mostram que o investimento nessas plataformas trazem um bom retorno.

Os dados demonstram que 93% dos profissionais de marketing consultados na pesquisa observaram resultados positivos, com 83% de crescimento nas mídias sociais de seus clientes. Outros dados específicos divulgados sobre o assunto relatam que:

  • A exposição nas redes sociais cresceu de 87% para 93%;
  • Os números de potenciais clientes cresceram de 78% para 87%;
  • Os ‘fãs’ das marcas foram de 63% para 71%;
  • A lembrança da marca na mente dos seguidores aumentou de 46% para 57%.

Essas informações são apenas alguns dados recolhidos de uma vasta pesquisa de marketing em redes sociais, mas já é possível ter uma noção de como o investimento nesses meios favorece os profissionais e geram bons resultados, além de captar novos pacientes para as clínicas.

Confira mais alguns benefícios de investir nas redes sociais para médicos:

  • Reconhecimento da clínica ou consultório;
  • Geração de tráfego para seu site;
  • Aprimoramento no posicionamento nos mecanismos de busca;
  • Aumento da visibilidade do profissional;
  • Melhora no relacionamento com o paciente.

redes sociais para médicos: mulher sentada no sofá com um cartão na mão e um notebook no colo

Veja como escolher a plataforma ideal

Agora que você sobre investimento na internet e as vantagens de utilizar as redes sociais para médicos, é preciso escolher a plataforma correta para divulgar os seus conteúdos. Nesse momento, faça um pequeno estudo de persona — que diz respeito a construção do perfil dos pacientes ideais do seu consultório. Desse modo, você conhece as pessoas que deseja chamar a atenção e quais os canais digitais que elas mais utilizam.

Hoje, existem diversas redes sociais que são bastante conhecidas e utilizadas pelas pessoas e empresas. Por isso, é fundamental pesquisar e analisar quem são os seus pacientes para escolher os melhores meios de comunicação.  seguir, conheça algumas delas!

Instagram

Atualmente, essa plataforma tem mais de 1 bilhão de pessoas ativas mensais e 500 milhões de usuários ativos diários. Em uma pesquisa realizada pelo Opinion Box, 44% dos jovens indicam que essa é a rede social que mais usam. Conforme aumenta a faixa etária, esse número cai, sendo 34% dos entrevistados de 40 a 49 anos disseram que o Instagram é sua rede preferida.

Nesse meio, os profissionais de saúde podem desenvolver conteúdos em formatos de vídeo e foto. Para isso, é fundamental ser criativo e inovar. Essas táticas ajudam o médico a atrair o seu público, aumentar a sua visibilidade e conquistar destaque no mercado.

Ainda, o Instagram também permite que seus usuários utilizem uma conta comercial, que apresenta dados e relatórios sobre o desempenho de suas ações na rede. Além disso, é possível criar e investir em anúncios pela própria plataforma, de modo a direcionar suas publicações. Algumas outras funcionalidades dessa rede social são:

  • Stories;
  • Reels;
  • IGTV;
  • Guia;
  • Live;
  • Posts em carrossel e entre outras.

Quer saber tudo sobre marketing médico nas redes sociais? Baixe grátis nosso ebook!

Facebook

O Facebook teve uma pequena queda de público nos últimos anos, mas ainda é a rede social mais popular e com o maior número de pessoas, tendo cerca de 2,7 bilhões de usuários ativos. Por isso, ele não deve ser descartado da sua estratégia de marketing para redes sociais, mas sim analisado de acordo com as necessidades da sua persona.

Hoje, existem mais de 65 milhões de negócios utilizando as páginas do Facebook e mais de seis milhões de anunciantes, que promovem ativamente sua empresa na rede.

Sabendo disso, essa plataforma oferece uma série de ferramentas eficientes para um médico divulgar seu serviço. Além disso, ela possibilita uma relação mais direta com seu público, o que auxilia na relação médico-paciente.

YouTube

O YouTube é uma das maiores plataformas de vídeo do mundo. Por essa razão, cada vez mais profissionais migram para a rede, criando os seus vídeos e publicando diversos conteúdos com o objetivo de conquistar visualização e reconhecimento.

A vantagem desta ferramenta é a diversidade, já que todos os tipos de pessoas, de todas as idades e gêneros estão ativas e utilizam o YouTube como forma de entretenimento e conhecimento.

WhatsApp

O WhatsApp é um canal de comunicação fundamental para os negócios. Hoje, os empresários têm a oportunidade de usar esse meio para alavancar suas vendas e facilitar transações comerciais.

A partir dela, os médicos podem realizar confirmações de consultas de forma automática e eficiente, o que evita absenteísmo nas clínicas. No WhatsAapp, os pacientes também esclarecem dúvidas e entre outras questões sobre consultas e tratamentos. Além disso, esse canal pode ser usado pelo profissional de saúde para enviar dicas, sugestões e acompanhar a saúde dos seus pacientes.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede interessante para os médicos que desejam se promover e apresentar os seus conhecimentos. Com ela, é possível divulgar seu trabalho, suas habilidades e conectar com colegas de profissão. Ainda, essa plataforma é um ótimo espaço para encontrar novas oportunidades de trabalho. Nesse caso, quem está começando na área da saúde pode utilizá-la como portfólio.

Mensure sempre os resultados

Analisar o resultado do seu investimento nas redes sociais para médicos é fundamental. Afinal, ninguém deseja colocar seu dinheiro em uma estratégia sem ter ganhos. Portanto, nessa etapa, compreenda quais conteúdos, atividades e ações que estão dando certo. Ainda, analise aquelas que não obtiveram os resultados esperados e reformule-as.

Existem inúmeros programas disponíveis (gratuitos ou pagos) que ajudam a medir os seus resultados. Geralmente, eles apresentam dados como nível de engajamento, alcance (impulsionado ou orgânico), taxa de rejeição e a taxa de aquisição por cliques.

Outro tipo de relatório muito utilizado é o Key Performance Indicator, mais conhecido como KPI ou Indicador-Chave de Desempenho. Ele serve para mensurar o desempenho de uma estratégia de marketing ou de processos de gestão.

Conheça as regras do CFM para marketing e publicidade médica

Não podemos falar de redes sociais para médicos sem comentarmos sobre das normas do Conselho Federal de Medicina (CFM). Esse é a instituição que define os limites dos profissionais da saúde na internet, o que pode e o que não pode fazer e quais são as consequências caso alguma regra seja quebrada.

Para conferir todas as regulamentações do CFM, clique aqui. Porém, listamos algumas das proibições mais relevantes. Veja:

  • Realizar publicidade enganosa;
  • Agir com sensacionalismo;
  • Garantir o funcionamento de tratamentos sem a comprovação cientifica;
  • Divulgar tratamentos ou descobertas que não foram cientificamente comprovadas;
  • Expor dados e informações sobre pacientes sem autorização.

Portanto, estude bem todas as restrições para não cometer nenhuma infração e se prejudicar na internet. Além disso, se você tem uma clínica ou consultório, lembre-se de se adequar às regras da LGPD.

Conclusão

O investimento financeiro nas redes sociais para médicos é de fato muito importante e pode fazer a diferença na imagem do profissional e da clínica. Afinal, esse recurso traz ótimas vantagens, como a aumento do faturamento da empresa, reconhecimento digital e melhora na comunicação com os pacientes.

Dito isso, lembre-se de manter uma boa conduta online e priorizar a qualidade do seu conteúdo. Assim, os resultados serão positivos, além de agradar os seus seguidores, trazendo mais autoridade para a sua clínica, despertando o interesse em possíveis novos pacientes e fidelizando quem já está com você.

Se você quer ter mais tempo para cuidar das suas redes sociais, adote com software médico. Essa ferramenta otimiza a gestão, integra informações e automatiza diversas tarefas demoradas do consultório. Dessa forma, você ganha tempo e melhora a produtividade das secretárias. Visualize nosso infográfico e saiba mais.

Tags: | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

Em conformidade com Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e GDPR, este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar e personalizar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Para mais detalhes acesse nossa Política de Privacidade.