fbpx
Transformação digital na saúde: o que é e como implementá-la

A transformação digital na saúde é um tema muito importante para a medicina. Por isso, é fundamental que as clínicas e consultórios que desejam continuar relevantes no mercado, otimizar os processos, diminuir as despesas e melhorar a qualidade do serviço prestado compreendam sobre esse assunto.

Ainda, com a pandemia do coronavírus, a revolução digital foi acelerada no setor da saúde. Esse segmento adotou novos modelos de negócios fundamentados em tecnologia e dados. Portanto, o mercado de saúde brasileiro vem passando por diversas transformações que impactam esses profissionais.

Neste conteúdo, veja o que é a transformação digital na saúde e como adequar sua empresa a essas mudanças!

O que é transformação digital na saúde?

A transformação digital na saúde significa integrar novas ferramentas tecnológicas nos mais diversos processos do setor. Alguns exemplos incluem investimentos em métodos para prevenir riscos até a implementação de um tratamento cada vez mais individualizado. A partir disso, é possível revolucionar a gestão de clínicas e consultórios de modo a otimizar a qualidade dos serviços e reduzir custos.

Além disso, com a evolução da tecnologia, as pessoas mudaram a forma de pensar, agir e interagir com o mundo à sua volta. Diante disso, criaram novos hábitos de consumo e de trabalho. Nesse cenário, as empresas também são afetadas, exigindo que elas se adaptem para se adequarem aos novos tempos.

Na área da saúde, isso é representado pelo modo que os pacientes interagem e chegam até as clínicas. Geralmente, eles desejam participação ativa do médico em seu tratamento e buscam por soluções rápidas e eficientes para seus problemas. Portanto, esse comportamento é muito diferente de épocas mais antigas, em que os profissionais eram os únicos propagadores de conhecimentos em relação à saúde.

Hoje, a internet conta com diversas informações sobre medicina e saúde nas quais a população tem acesso. Em alguns casos, os pacientes chegam na consulta já decididos de algo que querem em um tratamento por lerem nos canais digitais.

Sendo assim, a transformação digital na saúde requer uma mudança na cultura das organizações, nas suas estratégias e na forma dos médicos interagirem com seus pacientes.

Como implementar a transformação digital na sua clínica?

A transformação digital na saúde ajuda as instituições de saúde aumentarem a satisfação dos pacientes, ganharem competitividade e melhorarem a segurança de dados. Há várias tecnologias sendo empregadas nesses negócios, como o Big Data, a Inteligência Artificial, a Internet das Coisas e o cloud computing.

Quer saber como adequar a sua clínica ou consultório a essas mudanças? Acompanhe os tópicos a seguir!

Promova a transformação digital na cultura do seu negócio

Antes de entender como instalar a transformação digital na sua empresa, é importante ter em mente que esse processo exige uma mudança de mentalidade e da cultura organizacional. Geralmente, isso demora um tempo para acontecer.

Por isso, o primeiro passo é focar na conscientização dos colaboradores e profissionais de saúde sobre os benefícios dessa transformação. Além disso, comunique os motivos pelos quais a clínica necessita dessa mudança.

Assim, é possível promover novos pensamentos de modo que as pessoas envolvidas compreendam a sua relevância. Para isso, esclareça todas as dúvidas dos funcionários para eles entenderem ainda mais sobre o tema e não se sintam apreensivos.

Outra forma de promover a transformação digital na cultura do seu negócio é enfatizar a tomada de decisões baseada em dados. Para isso, é colete e mensure os dados de documentos e dos meios de comunicação da clínica a fim de embasar as escolhas em evidências científicas e técnicas.

Crie estratégias voltadas para a transformação digital na saúde

Em segundo lugar, os gestores do consultório devem criar estratégias voltadas para a transformação digital. Para isso, é interessante entender quais são as maiores urgências da clínica e onde estão os gargalos. Assim, é possível analisar os pontos fracos da empresa e realizar uma análise detalhada dos processos.

Nesse cenário, não tente solucionar todos os problemas de uma vez. Selecione em média 3 elementos e foque em melhorá-los a fim de obter resultados mais favoráveis. Além disso, mapeie a jornada do paciente para identificar os principais canais de atração e entender as expectativas desses indivíduos em relação ao seu serviço.

Tenha a tecnologia como sua aliada

Atualmente, o setor da saúde conta com uma série de ferramentas que visam automatizar a clínica e melhorar a sua gestão. No entanto, muitos desses recursos promovem a transformação digital na empresa, trazendo novas funcionalidades para os processos das empresas.

Por exemplo, um software médico é capaz de integrar diversos dados de um consultório em um único lugar. Isso evita gastos com papéis, impressões e tintas, melhorando a organização do ambiente, tanto para os profissionais quanto para as secretárias. Além disso, um sistema como esse conta com diferentes funções, como:

  • Prontuário médico eletrônico;
  • Agenda médica;
  • Confirmação de consultas automáticas;
  • Fluxo de caixa;
  • Sala de espera online;
  • Marketing, entre outras.

A partir dessas ferramentas, os gestores têm a oportunidade de implementar mudanças nos procedimentos da instituição. Dessa forma, a clínica oferece um serviço mais eficiente, rápido e de qualidade. Em consequência, os pacientes ficam mais satisfeitos e tendem a retornar para futuras consultas.

Utilize um software na nuvem

A tecnologia na nuvem proporciona um sistema seguro para o armazenamento e compartilhamento de informações. Com isso, os dados sensíveis dos pacientes ficam mais protegidos, o que também evita riscos de perdas e invasões de hackers.

Ainda, em um software na nuvem, os profissionais acessam documentos e arquivos com mais facilidade e organização. Sem contar que, com essa ferramenta, os gestores garantem mais mobilidade, já que os dados estão guardados em um servidor online.

Sabendo disso, um médico, por exemplo, pode acessar o prontuário do paciente de forma remota, com seu login e senha, por meio de um computador conectado à internet.

Conte com a Telemedicina

A Telemedicina é um recurso muito ligado à transformação digital na saúde. A partir dela, o profissional é capaz de realizar atendimentos de forma remota. Durante a pandemia, ela ganhou ainda mais relevância, pois o Conselho Federal de Medicina (CFM) abriu uma exceção e permitiu este tipo de consulta. Então, vários médicos passaram a atender por meio da internet, garantindo a satisfação de muitos pacientes, principalmente, aqueles que são grupo de risco.

Contudo, a tendência é que, cada vez mais profissionais utilizem esse recurso. Segundo uma pesquisa, 46% das pessoas que já utilizaram esse serviço pretendem continuar ou aumentar o uso dessa modalidade mesmo após a contenção da Covid-19. Sendo assim, esse método proporciona economia com deslocamentos, agiliza processos e facilita a consulta com especialistas.

Agora que você sabe o que é transformação digital na saúde e como implementá-la na sua clínica, coloque as dicas deste artigo em prática. Você pode começar investindo em um sistema médico que conta com armazenamento na nuvem, Telemedicina e entre outros recursos tecnológicos. Assim, você estará mais próximo de transformar a sua clínica, melhorar seus resultados e satisfazer os pacientes.

Quer testar um software médico gratuitamente? Clique no banner abaixo, preencha seus dados e veja como a 4Medic proporciona maior eficiência nas suas tarefas!

Tags:

Sobre o Autor

Carolina Sossai Cardoso
Carolina Sossai Cardoso

Formada em Publicidade e Propaganda | Produtora de conteúdo otimizados (SEO), Copywriter e Redatora.

Em conformidade com Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e GDPR, este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar e personalizar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Para mais detalhes acesse nossa Política de Privacidade.