fbpx
YouTube para médicos: aprenda a criar um canal de sucesso

As redes sociais trouxeram uma nova perspectiva de mundo se fazendo presente na vida de cada vez mais pessoas, tornando-se praticamente essenciais para quem deseja se comunicar e ficar antenado ao que está acontecendo.

Essa necessidade de se destacar online não é diferente quando se trata de pequenas ou grandes empresas, todas querem um bom engajamento de seus seguidores, afinal, estes é que vão determinar quem é a autoridade em cada nicho de mercado.

A área da saúde não foge dessa regra, hoje em dia quem não está presente nas principais redes perde inúmeras oportunidades de crescer e se consolidar como autoridade.

Uma das plataformas que mais cresceu nos últimos anos é o YouTube, ferramenta que possibilita a criação do seu próprio canal e o compartilhamento de vídeos diversos, ela é um excelente investimento para médicos que desejam dar ênfase ao seu trabalho e atrair mais pacientes.

Por que produzir conteúdo para o YouTube?

O YouTube é uma das maiores plataformas de consumo de vídeos no mundo e de acordo com o relatório de 2019, o crescimento do site nos últimos 4 anos foi de 135% e a televisão teve um aumento de apenas 13%.

Além disso, a pesquisa mostra que o YouTube alcança mais de 100 milhões de usuários maiores de 18 anos por mês.

No Brasil os números também são muito favoráveis para os produtores de conteúdo: 79% dos brasileiros afirmam que aprenderam algo novo com os vídeos disponíveis na plataforma, sem contar que o aumento de espectadores da plataforma no país chegou a 165%, como mostra essa pesquisa encomendada pelo Google.

Estes são apenas alguns dados que mostram como o YouTube se tornou uma ferramenta constante na vida de diversas pessoas, seja como entretenimento, fonte de conhecimento ou trabalho remunerado.

O mercado de produção de vídeos se amplia cada vez mais, com isso muitas empresas apostam nesse nicho para trazer novos consumidores e interessados na sua marca e isso inclui também a área da saúde. É possível encontrar vários canais médicos e outras especialidades que fazem sucesso e conquistam fãs online através de seus vídeos.

Como criar o seu canal

O processo de criação de um canal dentro do YouTube é muito simples, basta criar uma conta no Google, preenchendo com os seus dados ou os da clínica. Após isso, acesse a plataforma e realize o login.

Dentro do site você será redirecionado para a página de configurações (ou pode acessá-la facilmente no menu lateral esquerdo), lá estará o tópico “Seu canal do YouTube”, aí é só clicar em “Criar um canal” e a janela abaixo irá aparecer:

Nessa etapa você precisa escolher o nome que ficará visível para o público(seu próprio ou o da clínica/consultório) e clicar em “criar canal” e pronto!

Depois é só personalizar a sua página de acordo com as suas necessidades. Nesse processo é interessante alinhar suas expectativas com os profissionais que estarão responsáveis pela administração da ferramenta e também de acordo com as estratégias de marketing da sua empressa.

Também é importante pensar no design que será usado dentro da plataforma de vídeos, já que é um detalhe importante para chamar a atenção das pessoas para conseguir mais visualizações e inscritos.

Ética e regras nas redes sociais

A ética médica na internet é indispensável, qualquer erro pode custar a sua reputação e até mesmo a licença para continuar atuando como médico.

Por isso é necessário estar atento às regras que circulam no Conselho Federal de Medicina (CFM), aqui é possível conferir tudo o que pode ou não pode ser feito e divulgado na internet.

Além do CFM – que fala exclusivamente das normas para os médicos – o YouTube também possui seus próprios termos de serviço, que orientam os usuários ativos da plataforma sobre as diretrizes que devem ser seguidas enquanto produtor de conteúdo.

Faça um bom estudo dessas informações para que seu conteúdo esteja sempre dentro das especificações, isso evitará qualquer dor de cabeça futura e garantirá parte da qualidade de suas produções.

Conteúdo de qualidade

O YouTube é uma plataforma gigantesca e que possui todos os tipos de pessoas produzindo os mais diversos vídeos, por isso a concorrência é ampla e a criação de conteúdo é o que vai exigir mais esforço e criatividade.

Não se preocupe inicialmente com o investimento financeiro em equipamentos e editores, um celular que possui uma câmera boa e um programa de edição simples já bastam para começar.

Coloque o seu foco em pensar nos temas dos vídeos que serão feitos e dependendo do que for escolhido é importante fazer uma pesquisa prévia e criar um roteiro bem completo, isso vai te ajudar a ter controle do que será abordado para que você seja sempre assertivo.

Outra dica indispensável é entender os hábitos de consumo do seu público-alvo, tenha em mente o que os seus pacientes gostam e o que eles querem ver na internet, aplique esses dados na área da saúde e de acordo com a sua especialização, seja com dicas práticas e úteis, já que muitas das informações disseminadas na rede são genéricas ou incorretas.

Não esqueça de definir a linguagem que será utilizada, faça isso pensando sempre em quem você quer atingir, ou seja, se seu objetivo é atrair mais pacientes ou ajudar jovens estudantes, a abordagem deve ser simples e didática, para que não restem dúvidas em quem está assistindo.

Otimizando as buscas

Esse passo é imprescindível para que os seus vídeos alcancem um número razoável e chegue até o público-alvo.

Para isso você precisa aplicar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que é basicamente o que vai otimizar as buscas pelo conteúdo que está sendo produzido e divulgado na internet.

Existem inúmeras estratégias de buscas que podem ser utilizadas, mas uma das coisas mais importantes na hora de pensar em quem irá acessar o seu conteúdo é o uso das palavras-chaves.

Sempre pense na palavra-chave de cada vídeo, utilize-a nas descrições, no título e faça tudo de forma que as pessoas consigam encontrar você de maneira orgânica (pesquisando na internet), isso melhorará o seu ranqueamento e fará com que chegar até o seu canal seja a primeira opção do internauta.

Além disso, considere aqui também o design: as capas dos vídeos (thumbnails) juntamente com o título é o que vai chamar a atenção, por isso coloque algo legal e que vai despertar a atenção das pessoas.

Canais que deram certo

Se você ainda está em busca de motivação ou com dúvidas sobre por onde começar e o que criar dentro do YouTube, confira alguns canais bem variados de profissionais da saúde que fazem sucesso e conseguiram se destacar no meio:

Concluindo

Não se esqueça que além de tudo isso, é essencial divulgar o seu trabalho. Saiba onde o seu público está, escolha as redes sociais certas e aposte em posts que irão engajar ainda mais seus seguidores.

O YouTube é uma plataforma que permite muita criatividade, por isso é bom pensar no investimento de tempo e conteúdo, já que ela cresce cada vez mais no mundo inteiro e dá uma visibilidade grande e importante para os profissionaisda saúde que desejam ampliar seu público, aumentar a autoridade, conquistar novos pacientes e fidelizar os antigos.

 

Se você deseja ter mais tempo livre para cuidar do marketing da sua clínica pode pensar em adotar o software médico na sua clínica, ele é um sistema de gestão que vai te ajudar a gerenciar vários aspectos importantes da rotina de trabalho. Saiba mais fazendo o download gratuito do nosso infográfico.

Tags: | |

Receba dicas de gestão para sua clínica ou consultórios.

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

Em conformidade com Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e GDPR, este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar e personalizar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Para mais detalhes acesse nossa Política de Privacidade.