(35) 3713-2218 / (35) 98866-1902

Bula do Medicamento Citocaina

Citocaina - Bula do remédio

Citocaina com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Citocaina têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Citocaina devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Cristália

Apresentação de Citocaina

sol. inj. - 1,8 ml Cada ml contém: Cloridrato de Prilocaína.. 30 mg Felipressina .0,03 UI Veículo estéril q.s.p. .. 1 ml

Citocaina - Indicações

A CITOCAÍNA 3% com Felipressina está indicada para anestesia local em odontologia e cirurgia. Pode ser usada na obtenção de vasoconstrição local em cirurgia plástica sob anestesia geral por não apresentar incompatibilidade com anestésicos inalatórios, halogenados ou não.

Contra-indicações de Citocaina

Não há contra-indicações próprias à Prilocaína.

Advertências

Não há qualquer inconveniente ao uso da CITOCAÍNA 3% com Felipressina. Recomendam-se, apenas, os cuidados normais para a realização de bloqueios anestésicos.

Citocaina - Posologia

A dose necessária para obtenção de anestesia é de 1 a 2 tubetes. A dose máxima para um adulto com peso médio de 70 kg é 600 mg (11 tubetes), dose esta muito acima das doses usualmente utilizadas na clínica. De acordo com o estado geral do paciente e, em crianças, a dose recomendada pode ser diminuída.

Citocaina - Informações

A CITOCAÍNA (Cloridrato de Prilocaína) é um anestésico local com grande estabilidade química, diferindo da Lidocaína pois é um derivado toluidina. Esta característica química proporciona uma toxicidade cerca de 40% menor que a Lidocaína. A CITOCAÍNA apresenta uma excepcional eficácia anestésica em diversos tipos de bloqueios odontológicos, sendo que a duração da anestesia nos tecidos moles da cavidade oral (mucosa da gengiva, língua) é muito menor do que nos tecidos dentários propriamente ditos. Isto traz uma vantagem evidente ao dentista pois a sensação de boca inchada após bloqueios anestésicos odontológicos dura muito menos.A Felipressina é um novo vasoconstritor de natureza polipeptídica agindo na porção vascular do leito capilar e que não apresenta reações colaterais sistêmicas, tais como taquicardia e mal estar, comum com o emprego da Adrenalina. Deste modo, a CITOCAÍNA apresenta uma notável tolerância clínica, não provocando reações alergênicas e sendo especialmente indicada para pacientes sensíveis à Epinefrina. As características clínicas da Prilocaína como baixa toxicidade, boa duração do efeito anestésico, reduzido tempo de latência e duração de efeito mais prolongado para o dente que para os tecidos moles; uma potente ação vasoconstritora local com baixíssima incidência de efeitos colaterais sistêmicos tornam a CITOCAÍNA 3% com Felipressina o anestésico local ideal para a anestesia regional odontológica.

Bulário Eletrônico

Bulário 4medic, contém tudo o que é preciso saber sobre o remédio como indicações, dosagem/posologia, efeitos colaterais, contraindicações, advertências, precauções e armazenamento de forma simples e intuitiva.