(35) 3713-2218 / (35) 98866-1902

Bula do Medicamento Clindabiotic

Clindabiotic - Bula do remédio

Clindabiotic com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Clindabiotic têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Clindabiotic devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

União Química

Referência

Clindamicina Injetável

Apresentação de Clindabiotic

sol. inj.: 300 e 600 mg caixa c/ 50 amp. c/ 2 ou 4ml.

Contra-indicações de Clindabiotic

O uso da Clindamicina é contra-indicado em pacientes com antecedentes de hipersensibilidade à Clindamicina ou à lincomicina.

Clindabiotic - Posologia

Adultos - Administração intramuscular ou endovenosa por infusão: - Infecções moderadas ou infecções devidas a microrganismos patogênicos altamente sensíveis: 600 mg/dia, em duas doses iguais. - Infecções moderadamente graves: 600 mg a 1200mg/dia, em 2, 3 ou 4 doses iguais. - Infecções graves: 1200 mg a 2700 mg/dia, em 2, 3 ou 4 doses iguais. Para infecções ainda mais graves, pode ser necessário aumentar essas doses. Em circunstâncias que ameaçam a vida do paciente, doses tão elevadas quanto 4,8 g/dia têm sido administradas, por via endovenosa, a adultos. Crianças (acima de 1 mês de vida) - Administração intramuscular ou endovenosa por infusão: - Infecções moderadas ou infecções devidas a microrganismos patogênicos altamente sensíveis: 10 a 15 mg/kg/dia, em 3 ou 4 doses iguais. - Infecções moderadamente graves: 15 a 25 mg/kg/dia, em 3 ou 4 doses iguais. - Infecções graves: 25 a 40 mg/kg/dia em 3 ou 4 doses iguais. Como alternativa para a dosagem com base em peso corporal, a dose para crianças pode ser determinada em metros quadrados de superfície corporal: 350 mg/m2/dia para infecções moderadas a moderadamente graves, e 450 mg/m2/dia para infecções moderadamente graves a graves. Em infecções graves, recomenda-se que as crianças recebam não menos que 300 mg/dia, qualquer que seja o peso corporal. - Administração intramuscular: Não são recomendadas injeções intramusculares únicas acima de 600 mg. - Administração endovenosa: O Fosfato de Clindamicina deve ser diluído antes da administração endovenosa. Não é recomendada a administração de mais de 1200 mg em uma infusão única de 1 hora. Estabilidade das soluções: As soluções de Fosfato de Clindamicina são compatíveis por no mínimo 24 horas, em soluções de glicose 5% ou cloreto de sódio a 0,9%, contendo os seguintes antibióticos, nas concentrações habitualmente administradas: amicacina, aztreonan, cefazolina, cefotaxima, ceftazidima, gentamicina, netilmicina, piperacilina e tobramicina. A compatibilidade e duração da estabilidade de misturas de drogas depende, sempre, das concentrações e de outras condições associadas. Obs.: Alternativamente, o medicamento pode ser administrado na forma de infusão rápida e única da primeira dose, acompanhada por infusão endovenosa contínua, da seguinte maneira: para manter níveis séricos de Clindamicina acima de 4, 5 ou 6mcg/ ml, o índice de infusão rápida deve ser respectivamente 10, 15 ou 20 mg/minuto, durante 30 minutos e o índice de infusão de manutenção deve ser respectivamente 0,75, 1,0 ou 1,25 mg/ minuto. Não é recomendada a administração de mais de 1200 mg em uma infusão única de 1 hora.

Bulário Eletrônico

Bulário 4medic, contém tudo o que é preciso saber sobre o remédio como indicações, dosagem/posologia, efeitos colaterais, contraindicações, advertências, precauções e armazenamento de forma simples e intuitiva.