(35) 3713-2218 / (35) 98866-1902

Bula do Medicamento Folin

Folin - Bula do remédio

Folin com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Folin têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Folin devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Geyer

Apresentação de Folin

Comprimidos revestidos com 5 mg de ácido fólico: embalagem com 30 ou 100 comprimidos.

Folin - Indicações

Folin® está indicado no tratamento e prevenção de estados carenciais do ácido fólico.
É utilizado nas situações clínicas de anemias hemolíticas e megaloblásticas não perniciosas. O uso de ácido fólico no período que antecede e durante a gestação diminui a incidência de malformações do tubo neural. Também pode ser usado na prevenção da displasia cervical.

Contra-indicações de Folin

Folin® é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade ao ácido fólico ou a qualquer um dos excipientes do medicamento.
O ácido fólico não é terapia apropriada para anemiaperniciosa e outras anemias megaloblásticas causadas por deficiência de vitamina B12 (cianocobalamina).

Advertências

O tratamento de anemias megaloblásticas não diagnosticadas com ácido fólico deve ser acompanhado de vitamina B12, pois o ácido fólico pode produzir uma resposta hematopoiética em pacientes com anemia megaloblástica devido à deficiência de vitamina B12, sem impedir o agravamento dos sintomas neurológicos.

Interações medicamentosas de Folin

O uso de anticonvulsivantes do grupo hidantoína, contraceptivos orais e antagonistas do ácido fólico como metotrexato, pirimetamina, triantereno, trimetoprima e sulfonamidas podem interferir na absorção e armazenagem do ácido fólico.
O ácido fólico pode diminuir os efeitos dos anticonvulsivantes do grupo hidantoína sobre o SNC.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Folin

O ácido fólico é um medicamento bem tolerado, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais. Raramente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais, tais como náuseas, distensão abdominal, flatulência e reações alérgicas, tais como eritema, prurido e/ou urticária. Existem relatos na literatura de que doses de 15 mg/dia possam produzir alterações no SNC, como distúrbio do sono e irritabilidade. Doses elevadas de ácido fólico (400 a 500 µg/Kg/dia) podem comprometer a absorção intestinal do zinco.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária ? NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Folin - Posologia

Salvo prescrição em contrário, as seguintes doses de Folin® são recomendadas: 1 a 2 comprimidos de 5 mg, 1 vez ao dia. No caso da prevenção de malformações do tubo neural deve ser administrado 1 comprimido de 5 mg, 1 vez ao dia, pelo menos 1 mês antes da gravidez e durante os primeiros 3 meses de gravidez.

Superdosagem

Existem poucos relatos de ingestão de doses elevada s de ácido fólico, no entanto estes casos não acarretam sintomas relevantes. No caso de reações adversas, suspender a administração de ácido fólico e, se necessário, utilizar medicação sintomática.



Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Características farmacológicas

O ácido fólico também denominado ácido pteroilglutâmico, é uma vitamina do complexo B (vitamina B), a forma sintética do folato. É uma vitamina essencial nos processos metabólicos intracelulares, necessária para a síntese de DNA. O folato atua
também no metabolismo da homocisteína, através da doação do grupo metila para formação da metionina. O ácido fólico é absorvido no trato gastrointestinal, principalmente no duodeno e jejuno, após a dissolução inicial no estômago. Após a absorção, o ácido fólico é rapidamente convertido no fígado e plasma em sua forma metabólica ativa, 5- metiltetraidrofolato mediante a enzima diidrofolato redutase. A eliminação do ácido fólico é por via renal. A quantidade em excesso é excretada inalterada na urina. Folato é distribuído para o leite materno. O ácido fólico é removido por hemodiálise.

Resultados de eficácia

Diversos estudos clínicos demonstram que o ácido fólico possui eficácia no tratamento das anemias megaloblásticas e hemolíticas, prevenção da malformação de tubo neural e prevenção da displasia cervical (1,2,3). O ácido fólico tem um longo histórico de uso na melhoria ou reversão de quadros de anemias hemolíticas e megaloblásticas não perniciosas, utilizando uma dose média de ácido fólico entre 5 a 10 mg ao dia(1,4). Nos estudos sobre a prevenção de defeitos de tubo neural o ácido fólico, na dose de 5 mg/dia, foi capaz de reduzir a s malformações fetais tanto em mulheres que não apresentam fatores de risco como nas suscetíveis a esses fatores (5). Conforme a literatura, o ácido fólico deve ser administrado pelo menos 1 mês antes da concepção, até o 3º mês de gestação (3). Não foram relatados riscos maternos ou fetais quando administradas doses de 5 mg/dia (7). Nos diversos trabalhos sobre o ácido fólico na prevenção da displasia cervical, observou-se que as lesões cervicais estão extremamente conectadas com as infecções pelo HPV e com os baixos níveis teciduais e plasmáticos de folato. A administração de ácido fólico nos estágios iniciais da displasia ou como medida preventiva em mulheres de risco para esta patologia (fumo, infecção por HPV, uso de contraceptivos) poderia protegê-las da ocorrência da neoplasia cervical (8,9,10)

Armazenagem

Folin® deve ser conservado em temperatura ambiente (15 a 30 ºC). Protegido da luz e umidade. O prazo de validade é de 24 meses a partir da sua data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.


Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Folin® são comprimidos revestidos amarelos, redondos e com uma face sulcada.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

M.S.: 1.0443.0020
Farm. Resp: Glaucia Porto Prates CRF - RS 4261

Fabricado por: Althaia S.A.
Indústria Farmacêutica
Av. Eng. Heitor Antonio Eiras Garcia, 2756
São Paulo ? SP

Registrado por: Geyer Medicamentos S.A.

Rua Pelotas, 320 - Porto Alegre - RS
CNPJ: 92.670.801/0001-82
Indústria Brasileira

Folin - Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
Folin® é indicado no tratamento e prevenção de estados carenciais do ácido fólico. O uso deste medicamento está indicado nos casos de anemia por deficiência de folatos, no período que antecede e durante a gestação para diminuir a incidência de malformações do tubo neural (sistema nervoso do feto) e na prevenção da displasia cervical (alterações das células do colo do útero).

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
O ácido fólico (Vitamina B9) é uma vitamina essencial para as reações metabólicas celulares e vitais para o funcionamento e crescimento normal do organismo.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Não utilize Folin® se você apresentar alergia conhecida ao ácido fólico ou a qualquer outro componente do medicamento.
O Folin® não é o medicamento indicado para o tratamento de anemias perniciosas e outros tipos de anemias megaloblásticas causadas pela deficiência de vitamina B (cianocobalamina).

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Na necessidade de utilizar medicamentos anticonvulsivantes em concomitância com o Folin® , o seu médico deverá ser avisado porque o ácido fólico pode reduzir a ação do anticonvulsivante.
Alguns medicamentos também podem interferir na absorção e armazenagem do ácido fólico, como anticonvulsivantes, contraceptivos orais, metotrexato, pirimetamina, triantereno, trimetoprima e sulfonamidas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a saúde.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?


Você deve guardar este medicamento em temperatura ambiente (15 a 30 ºC), protegido da luz e umidade. Você deve manter o frasco do medicamento sempre bem fechado.
O prazo de validade é de 24 meses a partir da sua data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Folin® são comprimidos revestidos amarelos, redondos e com uma face sulcada.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Você deve tomar os comprimidos de Folin® com líquido, por via oral.
As doses utilizadas de Folin, salvo prescrições em contrário, são de 1 a 2 comprimidos, 1 vez ao dia. No caso da prevenção de malformações do tubo neural deve ser utilizado 1 comprimido, 1 vez ao dia, pelo menos 1 mês antes da gravidez e durante os primeiros 3 meses de gravidez.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Você pode tomar a dose deste medicamento logo que se lembrar. Começar a contar o tempo novamente para a dose seguinte.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
O ácido fólico é um medicamento bem tolerado, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais. Raramente podem ocorrer distúrbios gastrointestinais, tais como náuseas, distensão abdominal (inchaço), flatulência (gases) e reações alérgicas, tais como eritema (vermelhidão), prurido (coceira) e/ou urticária (ardência).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
Existem poucos relatos de ingestão de doses elevada s de ácido fólico, no entanto estes casos não acarretam sintomas relevantes.



Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Data da bula

30/01/2017

Bulário Eletrônico

Bulário 4medic, contém tudo o que é preciso saber sobre o remédio como indicações, dosagem/posologia, efeitos colaterais, contraindicações, advertências, precauções e armazenamento de forma simples e intuitiva.