(35) 3713-2218 / (35) 98866-1902

Bula do Medicamento Lindisc Duo

Lindisc Duo - Bula do remédio

Lindisc Duo com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Lindisc Duo têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Lindisc Duo devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Bayer

Apresentação de Lindisc Duo

Cart. c/ 8 adesivos (4 Fase 1; 4 Fase 2) Lindisc Duo Fase 1: Cada adesivo contém 3 mg de estradiol libera 80 mcg de estradiol/ dia. Lindisc Duo Fase 2:Cada adesivo contém 2,5 mg de estradiol e 1 mg de levonorgestrel.

Lindisc Duo - Indicações

Terapia de reposição estrogênica para tratamento de distúrbios do climatério. Lindisc Duo proporciona reposição hormonal durante e após o climatério. A adição de um progestogênio na segunda metade de cada ciclo auxilia na obtenção de um bom controle de ciclos menstruais irregulares, característicos do climatério, e reduz o risco de desenvolvimento de hiperplasia endometrial. Lindisc Duo suprime ou melhora os sintomas característicos do climatério tais como fogachos, sudorese e distúrbios do sono e praticamente não afeta a produção endógena de hormônios ovarianos. Produtos contendo associação de estrogênio e progestogênio são necessários apenas para pacientes com útero íntegro.

Contra-indicações de Lindisc Duo

Gravidez; lactação; distúrbios graves da função hepática (incluindo porfiria); tumores hepáticos atuais ou antecedentes dos mesmos; icterícia ou prurido persistente durante gestação anterior; síndrome de Dubin-Johnson ou de Rotor; distúrbio cardíaco ou distúrbio renal graves; processos tromboembólicos atuais ou antecedentes dos mesmos; anemia falciforme; suspeita ou diagnóstico de distúrbios ou tumores hormônio-dependentes; tumores de útero ou de mama; sangramento vaginal irregular não-diagnosticado; distúrbios congênitos do metabolismo lipídico; história de herpes gestacional; otosclerose com agravamento durante gestação anterior; endometriose; diabetes grave com alterações vasculares; hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do produto.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Lindisc Duo

Durante os primeiros meses de tratamento podem ocorrer sangramentos de escape e gotejamento (spotting) e aumento da sensibilidade e do tamanho das mamas. Estes geralmente são temporários e desaparecem com a continuação do tratamento. Outros sintomas que também podem ocorrer são: irritação da pele no local da aplicação; aumento de apetite; distensão abdominal; palpitações; ansiedade/sintomas depressivos; cefaléia; enxaqueca; vertigem; dispepsia; dores nas pernas; edema; hipertensão; alteração da libido; náusea; erupções cutâneas; vômito; alteração de peso e cloasma. Algumas mulheres podem apresentar predisposição natural ao aparecimento de colestase durante o tratamento com esteróides.

Lindisc Duo - Posologia

Se a paciente ainda estiver menstruando, deve-se começar o tratamento em qualquer dia entre o 1º e o 5º dia da menstruação. Pacientes cujos ciclos menstruais são pouco freqüentes ou que sejam pós-menopausadas podem iniciar o tratamento a qualquer momento, desde que se tenha excluído a possibilidade de gestação. Um ciclo de tratamento com Lindisc Duo consiste de 4 adesivos transdérmicos Fase 1, contendo estradiol, seguidos por 4 adesivos transdérmicos Fase 2, contendo estradiol e levonorgestrel. Deve-se aplicar um adesivo Fase 1, duas vezes por semana, nas duas semanas iniciais, seguido por um adesivo Fase 2, duas vezes por semana, nas duas semanas seguintes. Cada adesivo transdérmico é removido após 3 ou 4 dias de uso e um novo é aplicado em um local diferente. Desta maneira, utilizam-se dois adesivos em cada semana, devendo ser trocados sempre nos mesmos dias de cada semana. Para auxiliar a paciente no controle dos dias de troca, o dia da semana (segunda-feira ou quinta-feira) encontra-se impresso na embalagem individual do adesivo. Os locais de aplicação recomendados são áreas da pele limpas, secas e sem lesão, na região inferior do tronco (preferencialmente na região das nádegas). Lindisc Duo não deve ser aplicado sobre ou próximo às mamas. Cada embalagem contém adesivos transdérmicos suficientes para 28 dias de tratamento. O tratamento é contínuo, ou seja, a embalagem subseqüente é iniciada imediatamente, sem pausa. O sangramento geralmente ocorre durante a última semana do ciclo ou dentro dos primeiros dias do ciclo seguinte.

Lindisc Duo - Informações

O adesivo transdérmico de Lindisc Duo Fase 1 compõe-se de duas camadas: uma película de poliéster clara e uma matriz de estradiol em um adesivo acrílico. O adesivo é coberto por uma película protetora de poliéster aluminizado que deve ser removida antes do uso. O adesivo transdérmico de Lindisc Duo Fase 2 compõe-se de duas camadas: uma película de poliéster clara e uma matriz de estradiol e levonorgestrel em um adesivo acrílico. O adesivo é coberto por uma película protetora de papel que deve ser removida antes do uso.

Bulário Eletrônico

Bulário 4medic, contém tudo o que é preciso saber sobre o remédio como indicações, dosagem/posologia, efeitos colaterais, contraindicações, advertências, precauções e armazenamento de forma simples e intuitiva.