(35) 3713-2218 / (35) 98866-1902

Bula do Medicamento Lisacol

Lisacol - Bula do remédio

Lisacol com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Lisacol têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Lisacol devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Hebron

Apresentação de Lisacol

fr. plast c/ 45 cáps. Cada cáps. de 1000mg contém: Ácido eicosapentaenóico (EPA) .. 180mg Ácido docosahexaenóico (DHA) .. 120mg Excipiente q.s.p. .. 1 cáps.

Lisacol - Indicações

Lisacol está recomendado na prevenção primária e secundária da aterosclerose, doença coronariana e como coadjuvante no tratamento da artrite reumatóide e psoríase.

Contra-indicações de Lisacol

Nas doses indicadas é praticamente desprovido de contra-indicações.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Lisacol

Não foram relatadas reações adversas, colaterais ou alterações de exames laboratoriais com o uso de Lisacol.

Lisacol - Posologia

Administração por via oral. Na prevenção da aterosclerose: 1 cápsula de 1000mg 3 vezes ao dia, após as refeições. Na artrite reumatóide e psoríase: 10 cápsulas de 1000mg ao dia, em doses fracionadas ou segundo critério médico.

Lisacol - Informações

O óleo extraído de algumas espécies de peixes, que habitam as águas da costa do nordeste brasileiro, contém quantidades significativas de ácidos graxos poliinsaturados tipo Ômega-3, como EPA e DHA, conforme comprovaram os cientistas da Universidade Federal do Ceará. Antes desta pesquisa, acreditava-se que só peixes que vivem nas águas geladas, próximas à camada polar, continham esses teores de ácidos Ômega-3. Os ácidos Ômega-3 têm a propriedade de competir com o ácido araquidônico, inibindo sua síntese, a partir do ácido linoléico. O Ômega-3 serve de substrato para a enzima ciclo-oxigenase que catalisa a produção de tromboxane A3, antiagregante plaquetário. Do mesmo modo, a ação fisiológica do EPA e DHA, nas células endoteliais é benéfica para o equilíbrio hemostático, por sua ação vasodilatadora e por promover menor agregação plaquetária através da prostaglandina E2. Samuelsson e colaboradores, estudando o metabolismo do ácido araquidônico, demostraram a existência de um grupo de substâncias que chamaram de leucotrienos, subdivididos nos tipos A, B, C e D. Estas substâncias participam nos processos inflamatórios e são vasoconstritoras e indutoras de contração da musculatura lisa, estando, portanto, envolvidas em doenças como artrite reumatóide, psoríase e outras. Os ácidos Ômega-3, sob ação da enzima lipoxigenase, formam um tipo de leucotrieno B5, de melhor efeito nos processos inflamatórios.

Bulário Eletrônico

Bulário 4medic, contém tudo o que é preciso saber sobre o remédio como indicações, dosagem/posologia, efeitos colaterais, contraindicações, advertências, precauções e armazenamento de forma simples e intuitiva.